Procon interdita 11 agências bancárias em Florianópolis

Fiscalização afirma que bancos já haviam sido alertados

Procon interdita 11 agências bancárias em Florianópolis
Fiscalização interditou as agências por causa de reclamações de tempo excessivo de espera na fila, de até 2h – SDE/Divulgação/CSC

O Procon estadual determinou a suspensão das atividades de 11 agências bancárias em Florianópolis nesta terça-feira (15/2), até que apresentem um plano de adequação do atendimento para redução do tempo de fila. O órgão exige, através de medida cautelar, a distribuição de senhas, inclusive no lado externo da agência. As agências são da Caixa Econômica, Bradesco e Itaú.

Segundo o Procon, mesmo após notificação, as agências bancárias não retornaram com o atendimento ao público no horário mínimo de cinco horas diárias. Em 2021 o Banco Central permitiu que agências de todo o país alterassem o horário de funcionamento, com intenção de manter o isolamento social.

Porém, com a retomada das atividades e as medidas de flexibilização, o órgão vem recebendo diversas denúncias sobre filas de espera excessivas, de até duas horas para a retirada das senhas, além do atraso no atendimento. Os consumidores reclamam ainda que não têm acesso à água, cadeiras para descanso ou banheiros. As empresas tem até 10 dias para apresentarem defesa.

Publicidade