grande grupo posa para a foto
Cerimônia de entrega de diplomas ocorreu no SESI em São José - Foto: Divulgação

Um grupo de 24 adolescentes da Grande Florianópolis integra a turma mais recente de formados no Programa Novos Caminhos. Os jovens são provenientes de Serviços de Acolhimento de Florianópolis, Palhoça, São José e Biguaçu e tiveram a oportunidade de receber estudo, qualificação e atuar em empresas parceiras na condição de jovem aprendiz, estagiário ou efetivo.

Os formandos, com idade entre 14 e 18 anos, participaram nos últimos meses de diversos mini cursos: empreendedorismo, informática, responsabilidade individual e coletiva, economia, entre outros. O objetivo do projeto é buscar uma melhor perspectiva de vida por meio da capacitação profissional e encaminhamento para o mercado de trabalho.

Milena de 16 anos foi uma das adolescentes que receberam diploma, e atualmente já se encontra empregada. “O Novos Caminhos foi muito importante na minha vida.
Recebi informações sobre o mercado de trabalho, que área seguir e como me relacionar com outras pessoas. Eu passei por uma situação muito difícil na infância e não sabia se iria conseguir dar a volta por cima. Sou muito grata por todos que me ajudaram.”

Publicidade

Vice-presidente da regional Sudeste da Fiesc, Tito Schmitt, lembrou da importância dos jovens se dedicarem para concluir os cursos oferecidos e destacou a relevância do projeto que desde 2013 já atendeu mais de 800 adolescentes e encaminhou cerca de 200 para o mercado de trabalho.

“Minha mensagem para todos que ingressam no Programa é sempre a mesma: não desistam. Se dediquem, concluam os cursos e agarrem a oportunidade que está à frente de vocês. E hoje, acredito que esses jovens deram um passo muito importante na vida deles. Nós do sistema FIESC, juntamente com nossos parceiros, buscamos dar o suporte necessário para que eles chegassem até aqui. Estamos muito felizes, mas queremos fazer mais”, afirma Tito.

Leandro Canavarros, representante da OAB/SC, uma das parceiras do projeto, destacou a capacitação profissional como ferramenta de inclusão dos jovens na sociedade. “Como a idade um pouco avançada dificulta a possibilidade de adoção desse jovens, a qualificação se torna a melhor saída para que eles consigam trilhar o próprio caminho. Nós da OAB trabalhamos para chamar a atenção de empresários e assim buscar oportunidades profissionais para esses adolescentes.”

O Programa Novos Caminhos é resultado de uma parceria da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) com a Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (CEIJ-TJ/SC), a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC), o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here