São José teve a maior alta no preço de aluguel residencial entre 25 cidades brasileiras

    O Índice FipeZap de locação residencial, que acompanha o comportamento do preço médio do aluguel de imóveis residenciais em 25 cidades brasileiras, encerrou dezembro de 2021 com alta mensal de 0,80%, a sexta consecutiva do índice.

    vista geral de são josé a partir do morro do centro histórico
    Preço médio do aluguel em São José é de 23 reais por metro quadrado – Lucas Cervenka/CSC

    Aluguel em São José: maior alta em 2021

    De acordo com o levantamento, que analisa somente preços de aluguéis novos, São José teve a maior alta entre as cidades pesquisadas, com aumento médio de 3,48% em dezembro e chegando a um acumulado de 26% em 2021. As altas anuais nos novos aluguéis em outras cidades catarinenses ficaram bem abaixo do nível josefense, como 14,69% em Joinville e 11,59% em Florianópolis. Valores muito acima da inflação de 10,06% no ano passado e que não refletem a alta de ganhos da população em geral.

    Ainda conforme o levantamento do FipeZap, o preço médio de locação por cidade foi de R$29,71/m² em Florianópolis, R$23,7/m² em São José e de R$22,3/m² em Joinville.

    Cenário do aluguel em Florianópolis

    Publicidade

    Em Florianópolis o índice Fipezap tomou um universo de 2.538 anúncios em dezembro de 2021 para montar um cenário dos preços de aluguel, que teve alta de 1,47% no período. A cidade tem de custo de aluguel médio de 29 reais por metro quadrado, porém com grandes diferenças entre os bairros. Morar no Itacorubi de aluguel no Itacorubi, por exemplo, custa em média 40% mais caro do que em Capoeiras. A Agronômica é 23% em média mais cara do que o Estreito. Os levantamentos são divulgados somente em referência aos 10 bairros mais caros de cada capital estudada no índice.

    Rentabilidade do aluguel nas cidades catarinenses

    A rentabilidade de um aluguel é calculada pela razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda dos imóveis. É uma medida de rentabilidade para o investidor que opta em adquirir o imóvel com a finalidade de obter renda com aluguel. O indicador pode ser utilizado para avaliar a atratividade do mercado imobiliário em relação a alternativas de investimentos a cada momento do tempo. Em 2021 em todo o país, segundo o índice fipezap, o rendimento médio foi de 4,66% ao ano. Em São José, Joinville e Florianópolis as respectivas taxas de rentabilidade do aluguel em 2021 foram de 5,4%, 5% e 4,1%.

    + Custo do metro quadrado para construção encareceu 19% no ano em SC

    Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

    Publicidade