SCGÁS firma novo contrato de suprimento com a Petrobras, ainda sem valores

0

A SCGás escolheu a Petrobras para fornecer o gás natural ao estado por 45 meses, em contrato válido a partir do último domingo (22/3). De acordo com a companhia, os critérios para escolha (ante concorrência de Ypfb, Total e Shell) foram a entrega imediata do produto, seguranças operacionais e garantias de abastecimento pela estatal brasileira.

Apesar de já estar vigente, o contrato de 2 milhões de metros cúbicos por dia não tem valores definidos. A SCGás informou ao Correio que na próxima semana pretende divulgar detalhes do contrato e que a tarifa ainda será definida, pela Aresc.

Em outubro de 2019, a empresa estimava um aumento de aproximadamente 12% no preço da molécula, que seriam divididos em duas subidas. A SCgás diz que efeitos desse novo contrato serão perceptíveis em julho ou já em abril, em caso de maior oscilação.

Publicidade

Conforme a regulação estadual, o custo que a SCGÁS adquirir o gás natural (molécula e transporte) deve ser integralmente repassado às tarifas. Esse custo varia de acordo com o câmbio do dólar e Brent.

A SCGás poderá ao longo do contrato (até 2023) buscar novos supridores que ofertam o gás natural a preços mais competitivos e com garantia de entrega.

Ainda em relação à escolha da SCgás pela Petrobrás, a companhia catarinense diz que entre as garantias estão associadas questões operacionais: capacidade de entrega imediata do gás natural nos nove city-gates (estações de recebimento) espalhados pelo litoral catarinense, garantia de entrega do volume necessário para o mercado e o acesso às infraestruturas de transporte do gás.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here