TRE-SC inicia novo ciclo de biometria e revisões do eleitorado

Nas Eleições 2018, mais de 70% do eleitorado catarinense foi identificado por biometria para votar

pessoa usando luvas segura nas mãos de uma mulher para cadastrar o dedo em um leitor de digitais
Foto: Lucas Cervenka/CSC

No período de 2018 e 2019, 122 municípios de Santa Catarina passarão pelo processo de revisão do eleitorado. A revisão é uma coleta de dados biométricos que consiste na convocação dos cidadãos de uma localidade para comprovar o seu domicílio eleitoral e colher as impressões digitais e fotografia. Em Santa Catarina, 62 municípios possuem 100% do eleitorado biometrizado.

No momento, nove municípios já iniciaram seu processo revisional, com término de prazos variados que vão de março a agosto de 2019. Além desses municípios, o TRE segue com o projeto da biometria ordinária em outras 111 cidades do estado, onde o comparecimento não é obrigatório, mas servirá, a exemplo das revisões, para ampliar o quantitativo do cadastramento biométrico em SC. Nas Eleições 2018, mais de 70% do eleitorado catarinense foi identificado pela biometria para habilitação ao voto.

O atendimento nos cartórios eleitorais pode ser agendado pelo site do TRE-SC. Para a revisão, o eleitor deve levar documento de identidade oficial com foto, comprovante de residência (emitido nos últimos 3 meses) e, caso possua, título de eleitor. Para o primeiro título, eleitores homens maiores de 18 anos devem apresentar também o comprovante de alistamento militar.

Publicidade