Um dos envolvidos na morte de Raphaela Sarah é preso em Florianópolis

raphaela sarah faz sinal de V em selfie; ela usa bandana na cabeça e óculos escuros
Raphaela Sarah Aguiar Quina Bueno tinha 36 anos - Arquivo Pessoal/Divulgação/CSC

A Polícia Militar Rodoviária, em abordagem em Florianópolis nesse feriado, encontrou um dos envolvidos no assassinato de Raphaela Sarah Aguiar Quina Bueno em 8 de agosto, em Biguaçu.

Raphaela, 36 anos, foi encontrada morta à beira-mar no bairro Mar das Pedras. A Polícia Civil ainda não afirma com qual objeto ela foi morta. Há a possibilidade de ela ter sido morta com golpes de uma barra de ferro na cabeça, objeto que foi encontrado próximo ao corpo.

Nessa terça-feira (3/11), a PC cumpriu o mandado de prisão contra o investigado que foi encontra pela PMRv. De acordo com o delegado Rodrigo Dantas, que investiga o caso, o mandado de prisão já seria cumprido nessa terça, deferido pela justiça estadual.

Publicidade

Outra pessoa envolvida no assassinato de Raphaela, que tem mandado de prisão em aberto, está foragida. “Possivelmente ficou sabendo dessa situação (da prisão de um envolvido) e acabou fugindo”, afirma o delegado.

Raphaela Sarah
Raphaela era natural de Joanópolis (SP) e tinha um filho de 10 anos – Divulgação/CSC

Como foi a prisão

A prisão do homem procurado pelo homicídio foi na Av. Governador Ivo Silveira, na noite do último domingo (1/11), por volta das 19h30. Uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) estava em patrulhamento, quando avistou um veículo Fiat Fiorino saindo de uma localidade conhecida por intenso tráfico de drogas. Abordado, em consulta nominal, foi constatado um mandado de prisão ativo por homicídio para o condutor, este um homem de 25 anos. Ele foi preso e encaminhado para o Presídio de Florianópolis.

caminhonete da polícia militar rodoviária estacionada atrás de fiorino; policial investiga parte traseira do carro à frente
Abordagem em Capoeiras, Florianópolis, encontrou um dos homicidas – PMRv/Divulgação/CSC
Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here