USJ completa 15 anos de atuação em São José

Frente da Universidade Municipal de São José
CEntro Universitário Municipal de São José (USJ) tem quatro cursos, com cerca de 930 estudantes, que deverão ser transferidos - PMSJ/Divulgação/CSC

O Centro Universitário Municipal de São José (USJ), considerada a primeira instituição de ensino superior pública e gratuita do Brasil, completa 15 anos de atuação. Criado pela Lei 4279/2005 de 15 de maio de 2005, o USJ é mantido pela Fundação Educacional de São José (Fundesj).

“O trabalho desenvolvido pelo USJ sempre buscou promover uma educação superior de qualidade gratuita no município. Para nós, é uma honra e alegria imensa contribuir com o desenvolvimento desta importante instituição, que muito nos orgulha e que vem ofertando, ao longo dos anos, cursos e pesquisas de extensão que colaboram com o desenvolvimento regional e sustentável da cidade de São José”, parabeniza a prefeita Adeliana Dal Pont.

O USJ oferta quatro cursos de graduação: Administração, Ciências Contábeis, Pedagogia e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Conta também com um curso de pós-graduação em Didática e Metodologias para a Educação Básica e promove atividades de pesquisa e de extensão universitária nas áreas de inovação, empreendedorismo e qualidade de vida na melhor idade.

Publicidade

“Nestes 15 anos, o USJ ajudou a mudar a vida de muitas pessoas. E tudo isso é fruto do compromisso da gestão municipal na manutenção da instituição, do trabalho da Fundesj, da equipe de gestão do USJ, do corpo técnico-administrativo e de todos os professores, que são grandes mestres na construção desta história”, destaca o reitor Renato Brittes.

Mesmo frente ao cenário atual incerto por conta do Coronavírus, a instituição segue trabalhado por meio da criação de um Campus Virtual, utilizando-se da plataforma G Suite for Education para que os alunos possam interagir com os professores e desenvolver as habilidades propostas em cada disciplina e, sobretudo, concluir o semestre com qualidade.

“O USJ não mede esforços para inovar e investir na qualificação dos professores na área de tecnologia e metodologias ativas para a educação a fim de dar suporte aos docentes para que possam ministrar suas aulas de maneira inovadora e atrativa, indo ao encontro das necessidades dos alunos”, enfatiza o reitor.

Publicidade