Vacinação e testagem de Covid seguem em São José e Florianópolis

    Nesta segunda-feira (17/1) as cidades de São José e Florianópolis continuam a testar para identificar os casos positivos de Covid-19, assim como segue a vacinação infantil e de mais públicos contra o coronavírus. Os municípios reforçaram o mutirão de testagem nesse início de ano com a onda da ômicron, o que permitiu identificar cerca de 13 mil pessoas infectadas, maior número em toda a pandemia. A região se encontra em nível alto de risco.

    Vacinação em São José

    A primeira dose está disponível para crianças de 5 a 10 anos com comorbidades e todos acima de 11 anos. A segunda dose para quem completou o intervalo das vacinas Astrazeneca (70 dias), Conovac (28 dias) e Pfizer (56 dias).

    A terceira dose pode ser recebida por pessoas com imunossupressão que já tenham tomado a segunda dose há 28 dias, pessoas com 18 anos ou mais que já completaram quatro meses da dose 2 e pessoas acima de 18 anos que realizaram a dose da Janssen e já completaram o período mínimo de dois meses.

    Publicidade

    A quarta dose está disponível para imunossuprimidos que já realizaram as duas doses, esperaram 28 dias e realizaram a dose de reforço, receberão nova dose com 4 meses de intervalo.

    As mulheres que fizeram a dose da Janssen, Pfizer, Astrazeneca ou Butantan e agora estão gestantes ou puérperas deverão realizar a dose de reforço com a vacina da Pfizer, respeitando o intervalo de 5 meses, e devem apresentar o comprovante de gestação ou exame médico atualizado.

    Os locais de vacinação são em todas as Unidades de Saúde de São José e na Policlínica de Campinas, com horário de atendimento das 8h às 16h, para as unidades que fecham às 17h, e 18h para as UBSs que fecham as 19h. Em Campinas a vacinação segue até as 21h.

    Testagem em São José

    O centro Multiuso de São José continuará aberto durante a semana para aplicação de testes de coronavírus. O serviço funciona das 8h às 17h. Em uma semana o mutirão de testagem identificou mais de 3 mil casos positivos. De acordo com dados do município há agora 5,8 mil casos ativos em São José

    Vacinação em Florianópolis

    A vacinação em Florianópolis segue nesta segunda-feira (17) para crianças de 10 anos ou mais contra Covid-19. Além dessas crianças, as de 5 a 11 anos que possuem comorbidades e/ou deficiência ou que morem com alguma pessoa de risco, também podem receber a primeira dose. O local de vacinação exclusivo para crianças é no Sead/Centro, das 9h às 16.

    A vacinação de adultos segue também com primeira, segunda dose e reforço.

    Os locais para vacinação exclusivo de adultos, das 9h às 16h, são no antigo aeroporto, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, van itinerante em frente ao Centro de Eventos da UFSC. Das 8h às 16h, no Centro de Saúde Abraão e Centro de Saúde Coloninha.

    Testagem em Florianópolis

    Os pontos de testagem contra Covid-19 seguem os mesmos que na semana anterior na capital.

    Pontos de testagem para pessoas sem sintomas, das 9h às 17h: Sapiens Park no Norte da Ilha e Centro comunitário Fazenda do Rio Tavares, ao lado da Escola de Ensino Médio Vereador Oscar Manoel da Conceição – próximo ao Tirio.

    Das 8h30 às 16h: Ginásio do NEIM Celso Ramos.

    Para pessoas com sintomas: As pessoas com sintomas de Covid-19 devem ser encaminhadas por serviços de saúde da prefeitura. Isto porque somente estas equipes podem indicar qual o melhor momento para testagem e conduta ao paciente. O momento errado da coleta do teste pode gerar um falso negativo.

    Mediante agendamento ou encaminhamento dos serviços de Saúde da Prefeitura. CTD 8h30 às 19h: Centro, Continente, Sul, Norte

    Vacinação itinerante (van): terminal antigo, das 9h às 17h – 225 senhas

    Segundo a prefeitura, pessoas atendidas por serviços privados e hospitais que precisem fazer agendamento pelo SUS precisam passar pelo Alô Saúde Floripa anteriormente para testagem contra Covid.

    Distribuição de senhas: As senhas funcionam nos locais para garantir atendimento de todas as pessoas no tempo de fechamento dos pontos itinerantes. No NEIM Celso Ramos serão 550 senhas diárias e nos pontos de testagem itinerante 225 ao dia em cada um.

    Além do ponto no antigo terminal, a capital possui mais 4 pontos de testagem para pacientes com sintomas no Norte, Sul, Centro e Continente. Ao todo são oito pontos de testagens na Capital.

    Publicidade