Onda da ômicron leva SC ao maior patamar de casos ativos: 46 mil

    Apenas 14 municípios estão sem casos ativos

    A quantidade de pessoas infectadas pelo coronavírus ao mesmo tempo em Santa Catarina quebrou recordes sucessivos nesta semana e chegou à casa de 46 mil casos ativos nessa sexta-feira (14/1) com cerca de 7,5 novos casos confirmados, impulsionados pela variante ômicron. Apenas 14 municípios catarinenses estão sem casos ativos.

    De acordo com boletim do governo estadual, eram exatamente 45.915 moradores de SC em acompanhamento para a Covid, das quais 13,4 mil são da Grande Florianópolis, maiores números até agora em toda a pandemia.

    A imunização, porém, demonstra clara efetividade, uma vez que a ocupação de leitos não seguiu a tendência de alta, sem colapso dos sistemas de saúde e sobrecarregamento dos profissionais. Até ontem a ocupação geral dos leitos de UTI em todo o estado era de 69%, sendo que 148 pacientes dos 976 internados são quadro de Covid-19. A maior taxa de ocupação no momento é no Oeste catarinense, com 82,%. Na Grande Florianópolis, com quase 1/3 dos casos ativos, a ocupação dos leitos de internação hospitalar está em 77%.

    Publicidade

    A capital catarinense, a cidade que mais testa para coronavírus no momento, é que tem maior quantidade de casos ativos confirmados: 8,6 mil, segundo o governo estadual. Inclusive o próprio governador, morador de Florianópolis, também está positivado para coronavírus, pela segunda vez. Moisés relatou nas redes sociais que a vacina faz efeito e tem apenas sintomas leves.

    Ainda nas cidades da Grande Florianópolis, São José (1.666) e Palhoça (1.413) são as que têm mais casos ativos de coronavírus. São José é também um município que aumentou significativamente a oferta de testes gratuitos, de modo a controlar a pandemia. Neste fim de semana o centro de testagem, o Multiuso, na Av. Beira-mar, continua aberto. A segunda cidade de SC com mais casos ativos é Joinville (3.566).

    + SC recebe primeiro lote de vacinas contra Covid

    Proporcionalmente, os municípios de Maracajá e Morro Grande, no sul do estado, são os que têm maior taxa de infectados: 2,1 e 2 mil casos para 100 mil habitantes, respectivamente.

    Até essa sexta em todo o estado foram 1,269 milhão de pessoas infectadas pelo Sars-Cov-2, das quais 20.264 não resistiram à complicação da Covid-19. Por conta da vacinação, há 274 municípios que não registraram óbitos nos últimos sete dias. Entre eles estão Chapecó, Jaraguá do Sul, Tubarão, Camboriú e São Bento do Sul.

    Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

    Publicidade