Abertura dos Jasc destaca cultura de São José, que já lidera competição

    auto do boi de mamão no centro da quadra em cerimônia de abertura dos jasc em São José
    Boi de Mamão foi um dos destaques na cerimônia de abertura - Lucas Cervenka/CSC

    A maior competição esportiva estadual, suspensa pela pandemia, voltou, com abertura da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), nesse sábado (20/11), na Arena do Centro Multiuso de São José, que passa de palco da vacinação para palco dos esportes.

    A abertura foi marcada pela apresentação cênica que destacou através da dança a história e a cultura da cidade de São José. Iniciando com oleiros e coreógrafas que representavam o barro – elemento que por muitos anos foi a base da economia local – o espetáculo passou pelos povos e modos de vivência da cidade, como indígenas, açorianos, incluindo aí a pesca, renda de bilro, a festa do Divino, o auto do Boi de Mamão e até mesmo o crescimento e o trânsito atual. A coreografia foi elaborada por Charles Colzani, da Fundação Municipal de Cultura e Turismo de São José.

    equipes municipais na quadra na cerimônia de abertura dos jasc em são josé
    Equipes representando as cidades catarinense foram à quadra para cerimônia de abertura dos 60º Jasc – Julio Cavalheiro/Secom/CSC

    O governador, Carlos Moisés, e o prefeito anfitrião, Orvino Coelho de Ávila, discursaram na abertura. Orvino falou da honra, alegria e responsabilidade de se sediar uma competição como essa. “São José se deu exemplos de se cuidar, se vacinar, e nessa retomada não poderia ficar de fora. É um orgulho muito grande nós participarmos dos 60º Jogos Abertos. Tenho certeza que vai ficar para a história”, disse ao Correio. O prefeito também afirmou que torce para que a cidade alcance um resultado ainda melhor que na última edição – 3ª colocada em 2019.

    Publicidade

    Já o governador destacou em seu discurso os investimentos de seu governo e um grande aparte para a questão da recuperação do dinheiro desviado na compra fraudulenta dos 200 respiradores.

    Correio – O senhor vislumbra esse momento de melhora contínua na matriz estadual como de pós-pandemia?
    Moisés – Estamos trabalhando com esse sentido, no avanço da população imunizada. Vai nos dando garantia na retomada. Estamos vendo situações estranhas aí na Europa, lugares que voltam a fazer lockdown, lugares que não acreditaram na ciência e não vacinaram seus cidadãos. A gente está trabalhando fortemente nesse sentido. Santa Catarina é o estado que menos fechou no Brasil e o que primeiro voltou às aulas presenciais. Estamos colhendo hoje os resultados, mesmo com toda a instabilidade política que nós tivemos ao longo de 2020 e 2021, enfrentamos todas elas e saímos vitoriosos pra olhar pra frente e gerar esperança pra virada do ano, para este Verão. Aqui a gente está com presença de público na abertura dos Jasc, esse ano estamos aqui com plateia.

    Correio – Vai torcer para quem nos Jasc?
    Moisés – Aí a gente torce pro vencedor (risos). Para várias equipes. Estou vendo que São José está pontuando bem, se apresentando como um dos favoritos, mas aí vamos acompanhando os resultados.

    60º Jasc

    Cerca de 3,8 mil atletas de 79 municípios disputam troféus em 26 modalidades esportivas na etapa estadual.

    Durante oito dias haverá disputa de troféus em: atletismo, basquete, bocha, bolão 16, bolão 23, ciclismo, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, boxe, jiu-jitsu, judô, karatê, taekwondo, natação, punhobol, remo, tênis, tênis de mesa, tiro, triatlon, vôlei de praia, vôlei e xadrez.

    Além dessas modalidades em São José, outras oito terão como sedes outros municípios: atletismo, bocha e bolão 16 e 23 serão em Timbó. A natação e o tênis, em Florianópolis; o tiro, em Governador Celso Ramos e Blumenau, e uma prova de ciclismo será em Brusque.

    Algumas competições já começaram em São José. Os donos da casa conquistaram os dois primeiros troféus dos Jasc no Judô, disputado no último final de semana. Entre os homens, os josefenses ficaram em primeiro lugar ao somar 68 pontos nos três dias de competições. Itajaí ficou em segundo, com 59, e Tubarão fechou o pódio em terceiro lugar com 42 pontos. Já entre as mulheres, São José somou 103 pontos, seguido de Chapecó, em segundo, com 49, e Videira, em terceiro lugar com 42 pontos.

    Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

    Publicidade