Com quase 6 mil casos ativos, São José suspende Feira da Freguesia até março

feira da freguesia de são josé no centro histórico
Feira da Freguesia, no Centro Histórico, é suspensa por causa do aumento de pessoas infectadas pelo coronavírus - Secom/PMSJ/Divulgação

A Prefeitura de São José avaliou que o cenário de pandemia sob a ômicron não é favorável à realização da Feira da Freguesia, tradicional encontro cultural aos segundos domingos de cada mês no Centro Histórico. Com a quantidade de casos ativos crescendo e região da Grande Florinópolis classificada em nível de risco alto à Covid a decisão foi por suspender o evento, que teria sua primeira edição de 2022 neste domingo (16/1).

Segundo a superintendente da Fundação Municipal de Cultura e Turismo de São José, Gilmara Vieira Bastos, se a curva de risco diminuir, os números estiverem controlados e favoráveis, a próxima Feira da Freguesia acontecerá em 13 de março de 2022.

“Considerando o aumento de casos de Covid-19 e o fato de a feira ser um evento aberto, onde não é possível realizar o controle de público, achamos prudente evitar aglomerações. No decorrer de fevereiro faremos uma nova solicitação ao Comitê de Gestão de Crise e sendo constatado viável, retomaremos a realização da feira no mês de aniversário da cidade, com muita música, gastronomia e cultura”, pontuou.

Publicidade

Em 19 de março São José comemora 272 anos e então haverá a possibilidade da retomada da Feira da Freguesia, como parte das comemorações do aniversário municipal.

Quase 6 mil casos ativos

Até esse sábado (15) os números da prefeitura apontam que 5.806 moradores da cidade estão infectados com alguma variante do coronavírus. Assim como uma quebra de patamar em nível estadual, é o maior número de casos ativos em São José desde o início da pandemia.

Diante da piora no cenário, a prefeitura também aumentou a oferta de testes para isolar e tratar as pessoas com Covid; a quantidade de positivações com o mutirão de testagem no início de ano chegou a bater na casa de 48%. Até essa data, 580 moradores perderam a vida em decorrência da Covid-19.

Ainda conforme dados coletados pelo município (até 6 de janeiro), 182 mil pessoas estão com o esquema vacinal completo, o que corresponde a cerca de 72% da população municipal. A cidade começa neste domingo a imunizar crianças contra a Covid.

Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

Publicidade