Orla de três praias de Coqueiros será revitalizada ao custo de R$ 7 milhões

Parte dos barcos e ranchos serão mantidos, afirma secretário, mas bares terão licitação; prefeito falou de revitalização do parque e mais obras na cidade

Praia do Meio, em Coqueiros, região continental de Florianópolis
Praia do Meio - Lucas Cervenka/CSC

A Prefeitura de Florianópolis deu autorização, nesta quarta-feira (18/5), para o início da obra de revitalização de parte da orla de Coqueiros. O projeto, ao custo aproximado de R$ 7 milhões, será basicamente a instalação de decks de madeira em três praias do bairro continental: Riso, Meio e Saudade.

Os primeiros trabalhos, conduzidos pela Secretaria de Infraestrutura, vão começar pela cravação de estacas de concreto e madeira para execução da estrutura do deck na praia do Riso, onde permanecerão os galpões de pescadores sob a areia.

projeto de revitalização de três praias de Coqueiros prevê decks sobre a areia
Projeto de revitalização de três praias de Coqueiros prevê decks sobre a areia das Praias do Riso, Saudade e do Meio; obra será executada pela empresa STC Terraplanagem em até 10 meses – PMF/Divulgação/CSC

As praias do Riso, da Saudade e do Meio somam 770 metros de extensão, que terão as intervenções. Além dos decks, os locais terão guarda-corpo metálico e escadas para acesso à areia. Segundo a prefeitura os passeios serão descontínuos para não causar transtornos aos transeuntes no trajeto à orla em dias de maré alta. Já os decks com nas praias do Riso e do Meio serão mantidos por estarem em boas condições estruturais. A obra tem prazo de 10 meses.

Publicidade

Segundo o prefeito da capital, Topázio Neto, o bairro de Coqueiros, que já foi balneário de prestígio para banho de mar, poderá ser ocupado por muito mais gente com a nova orla, além da revitalização do Parque.

Correio – Existe uma proposta antiga de fazer a revitalização de mais praias do Continente; isso será contemplado?
Prefeito Topázio – Nós estamos conversando dentro dos orçamentos que temos disponíveis, primeiros essas praias, depois o restante. Coqueiros é uma região importante pra cidade, que historicamente sempre contribuiu muito. A prefeitura está vindo pra fazer essas revitalizações.

Correio – quais são as linhas gerais da ideia de revitalização do Parque de Coqueiros?
Topázio – nós temos um revitaçlizaçaõ que está sendo prevista para melhorar os equipamentos públicos. A gente sabe que os equipamentos estão ali há algum tempo, então a área de esporte tem que ser revitalizada, o ajardinamento tem que ser revitalizado, as pistas de caminhada, nós temos um orçamento entre 2 e 3 milhões de reais que está sendo previsto para essa licitação. Já está indo pra licitação e a gente queria dar um presente até o final do ano, de repente a gente consegue revitalizar.

Na cerimônia de autorização da obra, no Centro Cultural do Continente, também foi questionado por Sybila Loureiro, jornalista e liderança local em Coqueiros, a respeito da manutenção ou não dos barcos e canos ao longo das três praias contempladas nessa intervenção. Segundo o secretário de Infraestrutura, Valter Gallina, as canoas próximas ao posto policial serão mantidas – apesar da polêmica sobre a utilização do espaço – mas os barcos que estão amarrados no paredão ao longo da orla serão removidos. Uma reunião às 14h desta quinta na Praia do Riso irá discutir com mais detalhes a questão dos ranchos de pesca e dos barcos nas praias de Coqueiros. Gallina também afirmou que a prefeitura estuda uma licitação para corrigir a questão da exploração comercial ao longo da orla de Coqueiros e Itaguaçu, para regularizar os espaços até hoje não licitados.

Praia do Riso, em Coqueiros, Florianópolis
Praia do Riso, em Coqueiros: ranchos de pesca e barcos sobre a areia são motivo de debate – Lucas Cervenka/CSC

Av. vereador Nagib Jabor

A prefeitura também deu a ordem de serviço para a revitalização e instalação de ciclovia na Avenida Vereador Nagib Jabor, em Capoeiras. A implantação da estrutura faz parte da ampla revitalização pela qual vai passar a Nagib Jabor e duas vias contínuas: a Travessa Pedro Antônio Corvalão e a Rua Coronel Caetano Costa, todas no mesmo bairro. O custo é de R$ 4,6 milhões, com prazo de 240 dias.

projeto de instalação de ciclovia na Av. Nagib Jabor, em Capoeiras
Projeto de instalação de ciclovia de 620m na Av. Nagib Jabor, em Capoeiras; empreiteira Vogelsanger irá executar a obra, por R$ 4,6 milhões – PMF/Divulgação/CSC

Outras obras em Florianópolis

Ainda na cerimônia de lançamento das obras no Continente, o prefeito Topázio revelou mais ações de infraestrutura que estão em curso. “Estávamos hoje ainda discutindo investimentos no Maciço do Morro das Cruz, como a implantação de água, esgoto e regularização da ocupação. É um dos locais que mais precisa”. Ele também afirmou que nos próximos dias a prefeitura irá assinar ordens de serviço para a obras na Rua Antônio Edu Vieira (“agora ganhou uma empresa boa”, comentou o prefeito”, revitalização com ciclovia na Osni Ortiga (das Rendeiras até o elevado do Rio Tavares), apesar de ser via estadual, revitalização da Rodovia Armando Calil Bulos, nos Ingleses, também estadual, e revitalização da rodovia da Armação.

Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

Publicidade