Preço das passagens de ônibus urbano e rodoviário vai aumentar

    ônibus passando pela ponte hercílio luz - Cenário crítico no transporte coletivo da Grande Florianópolis
    Lucas Cervenka/CSC

    O valor das passagens de ônibus para empresas que operam linhas urbanas e rodoviárias na Grande Florianópolis vai subir. A autorização foi dada pela Aresc nesta quarta-feira (15/6). A aplicação da revisão tarifária se dará em até 30 dias após a publicação.

    Conforme a agência reguladora, a revisão está prevista no termo de acordo entre a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) e o Ministério Público do Estado de Santa Catarina (MPSC), assinado em outubro de 2021, que envolve 92 empresas de todo o estado. O acordo prorrogou por 36 meses a operação das linhas nas atuais empresas até que o governo do estado faça as licitações de concessão do transporte coletivo.

    O reajuste vale para todas as linhas das empresas Biguaçu, Estrela, Imperatriz, Jotur e Santa Terezinha.

    Nivelamento pelo teto

    Publicidade

    Para as empresas que operam linhas urbanas de transporte de passageiros na Grande Florianópolis o aumento da passagem será de 15,54% e para as linhas rodoviárias o aumento é de 14,91%.

    Conforme a publicação dessa quarta, a agência também determina que as tarifas em regiões conurbadas, como a Grande Florianópolis, serão niveladas pelo teto de cálculo. Assim, não haverá valores diferentes de passagens para o mesmo patamar, ficando estabelecido um critério de maior valor para as diferentes empresas de cada região.

    Outubro de 2024

    O novo sistema de transporte integrado metropolitano da Grande Florianópolis tem prazo em outubro de 2024 para sair do papel. Ainda será repetida a fase de audiências públicas e discussão do projeto e, dependendo do município, a fase de autorização junto às câmaras de vereadores, mesmo que já tenham sido aprovadas na pré-pandemia.

    A proposta é de que o modelo de gestão seja coletivo, com a participação do Estado e dos Municípios. As informações foram divulgadas na terça-feira (14) por representantes da Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Florianópolis (Suderf) durante audiência com os vereadores de São José, na Câmara Municipal. A proposta prevê, por exemplo, a criação de linhas de maior porte ligando as cidades, com estações em Biguaçu e Palhoça e interligação com a Capital.

    Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

    Publicidade