Prefeita Adeliana fala sobre medidas para combater o coronavírus em São José

São José tem três casos do novo coronavírus. Prefeita falou sobre as restrições na cidade, campanha de vacinação e adiamento de impostos

0
adeliana sentada atrás de uma mesa com painel ao fundo com logos da prefeitura
Prefeita Adeliana Dal Pont realiza conversa com moradores de São José sobre o Coronavírus - PMSJ/Reprodução/CSC

Na manhã deste domingo (22/3), a prefeita Adeliana Dal Pont, acompanhada da secretária municipal de Saúde, Sinara Simioni, realizou uma conversa com a população josefense por meio das redes sociais da Prefeitura de São José sobre o Coronavírus (Covid-19).

Durante a live, foi atualizado o número de pessoas que testaram positivo para o Covid-19, as medidas adotadas para combater o avanço do vírus no município e esclarecidas as dúvidas que surgiram com as medidas de prevenção anunciadas por decretos municipais na última semana. A conversa durou cerca de uma hora e foram recebidas mais de 1,2 mil mensagens.

Adeliana afirmou que São José já tem três casos confirmados de coronavírus e fez um histórico das ações de prevenção contra o avanço do Covid-19 na cidade. Em 13 de março, foi instalado o gabinete de crise, com a Secretaria de Saúde, diretorias e outras secretarias municipais, que decidiu pela abertura de uma central de triagem para atendimento de pacientes sintomáticos respiratórios no Cati, com equipes médicas desde o dia 17, das 7h às 19h.

Publicidade

Os cultos, celebrações, shows e eventos ficaram suspensos desde à tarde do dia 17, após uma reunião com empresários e lideranças religiosas do município. “Precisamos entender que é um momento de dificuldades, extremamente difícil para todos, mas só juntos vamos conseguir ultrapassar esse momento”, lembrou Adeliana.

A prefeita explicou ainda que em São José já foram confirmados três casos de pessoas com Coronavírus e que os cuidados com a higiene pessoal são fundamentais. “Temos que manter as ações de prevenção todos os momentos. O vírus está circulando em todo o país, sendo assim, os cuidados devem ser redobrados”, ressaltou.

Vacinação

A campanha de vacinação contra a gripe foi adiantada no município. Na última quinta-feira (19), aniversário da cidade, todas as unidades de saúdo do município estiveram abertas para atender exclusivamente os idosos. Foram imunizados mais de 7 mil idosos com o objetivo de proteger o grupo de risco do coronavírus (Covid-19).

Segundo a prefeitura, como nesta ação já foi utilizado o lote de vacinas que o município recebeu, nesta segunda-feira (23) não haverá vacinação. A orientação é para que as pessoas não se dirijam às unidades de saúde. Assim que novas vacinas forem enviadas, será divulgado como será feita a vacinação.

Segundo Adeliana, haverá estratégia de vacinação dos idosos. “Estamos planejando uma forma de fazer a imunização sem colocar em risco o paciente”, pontuou.

Também será divulgada a estratégia para as vacinas de rotina do município. Serão criados quatro pontos na cidade para dar continuidade às vacinações de rotina. “São José vai manter essa vacinação porque temos sarampo, meningite e outras doenças que estão circulando e é importante manter a imunização deste público”, ressaltou a secretária de Saúde, Sinara Simioni.

Cuidados

Desde a última terça-feira (17), as forças de segurança e o Procon de São José estão visitando o comércio, atuando no fechamento dos serviços não essenciais e orientando os comerciantes sobre as medidas preventivas. Uma moradora apresentou a preocupação com os profissionais que estão trabalhando nos supermercados, questionando quais cuidados devem ser adotados neste momento. As orientações aos proprietários são diminuir o fluxo das pessoas restringindo o número de pessoas no espaço, disponibilizar produtos, como o álcool em gel, para a limpeza frequente das mãos e manter a distância entre o caixa e o cidadão que faz suas compras.

Outra orientação é, em caso de locais em funcionamento que não se encaixem nos serviços essenciais, a população pode fazer a denúncia à Guarda Municipal de São José.

Moradores em situação de rua

A Prefeitura de São José está fazendo a distribuição de alimentação aos moradores de rua com o apoio de voluntários. Os serviços do Centro POP estão em funcionamento para que a população de rua possa fazer a higiene pessoal. A prefeita Adeliana lembrou ainda que a Vigilância Epidemiológica já realizou a imunização de outras doenças com esse público antes dos primeiros casos de Coronavírus serem registrados no Brasil.

Retorno dos serviços

Com diversos questionamentos sobre o retorno os serviços no município, a prefeita Adeliana Dal Pont reforçou que as ações são tomadas em um curto período devido às rápidas mudanças que o momento exige. “As ações que tomamos no momento de pandemia e epidemia são em curto espaço de tempo, porque tudo pode mudar, dependendo da velocidade com que a doença avança”, assinalou Adeliana.

Nos próximos dias, será feita a avaliação para definir o retorno das atividades que estão suspensas no período de sete dias. A prefeita explicou ainda que, durante este período, a Zona Azul está suspensa.

Consultas e exames

A partir do questionamento de uma mãe sobre as consultas marcadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e da necessidade do remédio controlado para o filho, a secretária de Saúde, Sinara Simioni explicou que as agendas foram reorganizadas para as demandas espontâneas.

“As agendas das unidades de saúde foram reorganizadas para a demanda espontânea, sendo assim, a orientação é entrar em contato com a UBS, para que a equipe faça os encaminhamentos aos pacientes que precisam de remédios controlados”, explicou Sinara.

Para as gestantes de alto risco, as equipes das UBSs estão monitorando os casos e dando atendimento. Os pediatras estarão em contato com as mães, com atendimentos que poderão ser feitos por telefone, para evitar a circulação desse grupo de risco. Já os recém-nascidos que precisam fazer o teste do pezinho, as equipes entrarão em contato com a família para que a coleta seja realizada nas casas.

Todos os exames que seriam realizados neste período estão suspensos, concentrando os esforços no atendimento aos casos de Coronavírus no município. “A contaminação é muito rápida, então a gente só pode estancar essa epidemia se houver a colaboração. É importante que todas as consultas e exames previamente agendados, eles terão outra agenda depois que se consiga atravessar a epidemia”, ressaltou a prefeita Adeliana Dal Pont.

Impostos e tarifas

Os impostos da Prefeitura foram adiados por 90 dias conforme os decretos Nº 13216 e Nº 13215 sobre a prorrogação do TFPU e ISS de São José. A prefeita Adeliana ressaltou que os prefeitos já realizaram, via Federação Catarinense de Municípios (Fecam), o pedido de apoio ao Governo de Santa Catarina sobre a questão das tarifas de água e energia.

Publicidade
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here