garoto cego com bengala acompanhado pelo braço por outro garoto andando com mais pessoas em um acostamento
“Vivendo currículo na rua” foi um projeto vencedor da professora Mariah Amanda da Silva, proposto pelo alunos para discutir questões de acessibilidade e mobilidade urbana - PMF/Divulgação/CSC

Cinco profissionais da rede municipal de ensino de Florianópolis foram selecionados vencedores do Prêmio Professor Nota 10, em sua oitava edição.

Charles Caubi Brandão, da creche Doralice Teodora Bastos , em Canasvieiras, criou o projeto “Territórios Brincantes”. Janaina Enck, da escola Osmar Cunha, também de Canasvieiras, desenvolveu “A criação de vídeos para o Youtube como ferramenta pedagógica em aulas de arte”.

A professora Cristiane de Lima Eidam, da creche Orlandina Cordeiro, no Saco Grande, foi responsável por “Brincadeiras com caiaques na Lagoa do Peri”. Felipe Salvador Weissheimer, da escola Albertina Madalena Dias, na Vargem Grande, concebeu “Aproximando contextos históricos com a metodologia Steam”. Mariah Amanda da Silva, da escola Intendente Aricomedes da Silva, na Cachoeira do Bom Jesus, é autora de “Vivendo currículo na rua: ampliando discussões sobre acessibilidade e mobilidade urbana”.

Publicidade

“Mais uma vez o Prêmio Professor Nota 10 premia trabalhos realizados por profissionais dedicados que refletem sobre sua realidade, seus contextos, seus sujeitos e que transpõem essa reflexão para suas práticas pedagógicas. São experiências de excelência, que devem ser compartilhadas e valorizadas, para que inspirem outras boas práticas, para além da sua unidade educativa, para a nossa Rede”, afirma o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira.

O prêmio é concedido por uma parceria entre Prefeitura de Florianópolis e câmara de vereadores. Os vencedores serão contemplados com medalhas e diplomas, em uma solenidade que ocorrerá na sede do legislativo em data a ser definida.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here